top of page

ANVISA alerta consumidores sobre proibição do cigarro eletrônico de vitaminas e outros alimentos

Por Laís Kestener Stehling

A ANVISA publicou nota para alertar a sociedade acerca dos riscos observados em Dispositivos Eletrônicos para Fumar (DEF) que prometem benefícios à saúde, mediante inalação de vitaminas, hormônios, entre outros, sem qualquer tipo de comprovação científica.


Diante da crescente veiculação desse produto em mídias sociais, a Agência reforçou que, no Brasil, não há autorização para qualquer tipo de DEF, de modo que a comercialização, a importação e a propaganda, são proibidas, conforme RDC nº 46/2009.


Inclusive, tal norma abrange não apenas os DEF’s, mas também os respectivos acessórios e refis. Ainda na nota, a ANVISA reforçou que os suplementos alimentares devem seguir as normas RDC nº 243/2018 e IN 28/2018.

1 view0 comments

コメント


bottom of page